Primeras linhas

11/09/17

Primeiras linhas, um díptico projetado por Marco Maggi, é desenvolvido ao longo da trajeto dos dois elevadores do Centro MUNTREF de Arte Contemporânea, o Antigo Hotel dos Imigrantes. É um convite para desenvolver - através de gráficos sutis - outras vistas sobre a paisagem do Rio da Prata. "Eu nunca percebi a íntima relação entre um elevador de vidro e um scanner. Documentação rasante e minuciosa da caligrafia de pedaçinhos de papel", cuja aspiração é "fazer parecer que os elevadores foram feitos para recorrer o desenho de cima para baixo", diz Maggi. Language Descending a Staircase é o título de seu trabalho na escadaria do Courtauld Art Institute em Londres. Em Buenos Aires, a linguagem viaja em um elevador. "No elevador que sobe, a informação vai crescendo. Andar por andar, maior quantidade de papeizinhos ínfimos e alinhados. Como linhas de pentagramas ou frases de um texto mais e mais complexas. No outro elevador, no entanto, a informação irá caindo em intensidade, diluído ou desconstruído, todo desenho é um texto impossível de ler, um texto contra o qual todos nos sentimos estrangeiros: imigrantes ", conclui o artista.

 

Passaporte:

Km: 0

Cidade : Buenos Aires

Argentina

De 11/09/2017

A 04/02/2018

Artista:

Marco Maggi (URY)

Eixo curatorial:

Curadoria BIENALSUR