Projeto "Pets"
(Eduardo Srur, Brasil)

Eduardo Srur pretende trazer à Argentina uma versão de seu projeto PETS; uma instalação de grande escala que faz uma reflexão artística sobre a poluição das águas. O resultado será uma intervenção itinerante com esculturas flutuantes elaboradas inteiramente com garrafas pet, que será realizada no rio Paraná, em Rosário, e em seu Delta e no rio Riachuelo, em Buenos Aires.

A primeira versão do projeto foi realizada em São Paulo, no poluído rio Tietê, que atravessa a cidade. As obras de Srur utilizam o espaço público para chamar atenção para questões ambientais e para o cotidiano das grandes metrópoles, com o objetivo de ampliar a presença da arte na sociedade e aproximar o mundo artístico da vida das pessoas.

“Comecei o meu trabalho com a pintura, mas em algum momento percebi que a cidade poderia ser uma tela em branco onde eu faria as intervenções e as propostas artísticas”, afirma Srur. O princípio de seus trabalhos é a "reciclagem do olhar", buscando "refletir sobre como vivemos com a paisagem errônea da nossa cidade".